Tags: Obrigações | Ações |

Menos fundos em carteira, maior rendibilidade


Em fevereiro, a indústria dos fundos mobiliários conseguiu uma rendibilidade de 1,64%, num total de 217 fundos de investimento, num total de 13,333 mil milhões de euros em ativos sob gestão, segundo os dados da Morningstar.

As gestoras que têm menos de dez produtos em carteira tiveram uma média de 1,74% de rendibilidade, enquanto as entidades com dez ou mais fundos fecharam o mês de fevereiro com uma valorização média de 1,63%.

Invest Gestão de Activos na liderança

Com uma rendibilidade média de 4,8% e um total de dois fundos de investimento, a Invest Gestão de Activos segue na liderança, tendo terminado o mês com mais de 12 milhões de euros em ativos sob gestão.

Em termos de rendibilidade e, constituindo a excepção à "regra" de menos fundos, maior rendibilidade, aparece a BPI Gestão de Activos com 25 produtos e uma retorno médio de 2,34%. A gestora é a terceira nacional em termos de ativos sob gestão, ao finalizar o mês com mais de 2 mil milhões de euros.

Em terceiro lugar, com oito produtos e uma rendibilidade média de 2,19%, vem a BBVA Gest. Esta entidade fechou o mês mais pequeno do ano com mais de 130 milhões de euros em ativos sob gestão. Acima de 2% de rendibilidade média ainda aparecem, ainda, duas entidades: Montepio Gestão de Activos e Optimize Investment Partners. A primeira apresenta 22 produtos em carteira e fechou o mês com ganhos médios de 2,11%; Já a Optimize tem apenas seis fundos e conseguiu uma valorização média de 2%.

Confira o ranking das gestoras

 

Análise Funds People a partir dos dados disponibilizados pela Morningstar a 28 de fevereiro de 2014
Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos