Tags: Alternativos |

Mais desce do que sobe na evolução do montante gerido pelos fundos imobiliários


Não é novidade que o sector dos fundos de investimento imobiliários tiveram um 2015 muito pouco pelo favorável, pelo menos quando a análise é feita olhando para o património que têm sob gestão.

Várias razões

Esse chegou mesmo a ser um ponto de análise dos próprios profissionais do sector, quando na revista Funds People Portugal do terceiro trimestre lhes foi perguntando qual a sua postura perante esta ‘derrocada’ nos ativos sob gestão dos produtos. Por essa altura, os profissionais relatavam que se por um lado não tinham sido criados novos produtos num espaço de tempo de mais de um ano e meio, por outro lado o número de produtos liquidados também aumentou nesse período. À lista de razões acrescentavam ainda as reduções de capital, tendo por base a venda de património e o não reinvestimento de capital.

Analisando os dados disponibilizados pela CMVM sobre a evolução dos ativos sob gestão dos fundos imobiliários no ano passado, pode dizer-se que a rota foi descendente em toda a linha. O ano de 2015 começou com os fundos de investimento imobiliário (a CMVM considera neste âmbito a soma dos FII, dos fundos especiais de investimento imobiliário (FEII) e dos fundos de gestão de património imobiliário (FUNGEPI)) a gerirem 12.184 milhões de euros, valor que se tornou praticamente uma ‘miragem’ no resto do ano.

A queda foi constante a partir desse primeiro mês, embora em julho a indústria tenha conseguido um ligeiro aumento do património gerido. Por essa altura o montante gerido conseguiu subir ligeiramente – 82,4 milhões de euros – para os 11.824 milhões de euros.

Montante sob gestão caiu 8% em 2015

No termino do ano, por seu lado, o valor sob gestão destes produtos ficou-se pelos 11.210 milhões de euros. Percentualmente a queda nos ativos sob gestão dos fundos imobiliários correspondeu a 8%, o que em termos monetários se materializou em menos 974 milhões de euros.

Evolução do montante sob gestão dos fundos imobiliários em 2015

Em milhões de euros

Fonte dos dados: site da CMVM
Upload

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

Próximos eventos