Lynx Asset Managers quer chegar aos 350 milhões de euros de ativos sob gestão em 2018


A entidade que recentemente procedeu ao seu processo de rebranding passando a denominar-se Lynx Asset Managers (ex- MNF Gestão de Activos) está agora comprometida com novos desafios... e metas. Em comunicado a gestora fez saber que pretende “reposicionar a sua estratégia e marca em Portugal”, definindo como objetivo atingir os 350 milhões de euros de ativos sob gestão em 2018, ultrapassando os atuais 203 milhões de euros.

A sustentar este crescimento está a abertura da empresa ao mercado para além dos seus próprios acionistas, como particulares de alto rendimento, segmento affluent e institucionais”.

Pedro Azevedo, CEO da Lynx, indica que vão “reforçar a área comercial na grande Lisboa, mercado natural até à data, mas queremos reforçar e expandir o negócio a todo o país durante 2016”.

Recorde-se que a Lynx Asset Management, tem sob gestão 7 fundos mobiliários, 4 fundos mobiliários, 7 fundos de capital de risco, e carteiras de gestão discricionária.

O responsável reforça ainda que “a Lynx Asset Managers herda o legado da MNF Gestão de Ativos no modo como se relaciona com os seus acionistas e os ativos de que dispõem, agora com uma nova abertura ao mercado e a novos públicos, tudo isto alicerçado no bom desempenho dos nossos Fundos de Investimento e estratégias de gestão e na procura de soluções ajustadas aos objectivos dos investidores utilizando para o efeito a abertura dos Organismos de Investimento Colectivo, nomeadamente através de Fundos fechados Imobiliários, de Capital de Risco, SIIMOs heterogeridas, etc...”

Saliente-se também que a Lynx cresceu 73% em negócio de agosto de 2014 a agosto de 2015. A entidade defende que em finais de 2016 esse crescimento deverá ser de 40%.

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos