Tags: Negócio |

Lucro líquido cresce 82,3% no Banco BiG


O Banco BiG, liderado por Carlos Rodrigues, fechou o ano passado com um lucro de 58,6 milhões de euros, mais 82% do que no ano anterior. Também o Produto Bancário cresceu, desta feita em 55,7% para os 80 milhões de euros. Já os Ativos sob Supervisão subiram 44% para 2,2 mil milhões de euros.

Segundo o presidente e CEO do banco, "2013 foi um ano em que o BIG passou a servir uma base mais alargada de clientes traduzida num crescimento expressivo de depósitos e activos sob supervisão, reflectindo um posicionamento competitivo da oferta bancária".

"Foi também o décimo ano consecutivo, em que os acionistas receberam dividendos”, acrescentou Carlos Rodrigues.

"Apesar de um dividend yield  superior a 15%, relativamente ao custo médio de subscrição das ações, o BiG mantém uma política de dividendos conservadora retendo mais de dois terços dos resultados, garantindo assim elevados níveis de solvência, traduzidos num Rácio Tier 1 de 32,7%. Apesar das crises verificadas em 2008 com a falência do Lehman Brothers e em 2011 com o Programa de Ajustamento Português – o Banco não recorre a Aumentos de Capital subscritos por accionistas desde 2001”, salientou o CEO da entidade.

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos