Lista dos fundos cinco estrelas reduziu-se em outubro


No primeiro mês do último trimestre do ano, a lista dos fundos do mercado nacional que recebem a classificação quantitativa máxima por parte da Morningstar sofreu algumas alterações, nomeadamente no que diz respeito ao número de produtos. No final de setembro a lista era composta por 14 fundos, sendo que no final de outubro eram apenas dez, os fundos com rating cinco estrelas atribuído por parte da empresa de análise.

Não houve qualquer entrada nova, pelo que as movimentações foram apenas de saída. Desta forma, da dezena de produtos, apenas um investe exclusivamente em ações. Trata-se do BPI Portugal que entrou na lista em abril passado. Gerido pela BPI Gestão de Activos, foi premiado nos últimos Morningstar Awards como o “melhor fundo nacional de ações Portugal”.

GNB Gestão de Ativos com metade dos produtos

A GNB Gestão de Ativos continua a ser a entidade que coloca mais produtos na lista, com cinco fundos: o NB Obrigações Europa, o NB PPR, o NB Renda Mensal,  o NB Rendimento, e ainda o NB Rendimento Plus Estes produtos integram a lista há vários meses e de forma consecutiva.

Os restantes quatro produtos são geridos por outras tantas casas de investimento nacionais. Da Banif Gestão de Activos vem o Banif Euro Tesouraria  e da CA Gest  surge o CA Rendimento. Destaque, também, para o Dunas Banco BIC Tesouraria denominado em euros da Dunas Capital e para o Invest AR PPR que está sob responsabilidade da Invest Gestão de Activos.

Rendibilidade média acima de 4,5%

Os dez produtos registam, nos primeiros dez meses do ano, uma rendibilidade média de 4,61% com dois fundos a conseguirem ter uma rendibilidade superior a 10%. Com 16,13% surge o BPI Portugal enquanto que com 12,17% vem o Invest AR PPR.

Os fundos cinco estrelas em outubro

Fonte: Morningstar no final de outubro

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos