Tags: Obrigações | Ações |

Lisboa em máximo de dois anos


O PSI-20 está em alta. O grande destaque da sessão de hoje vai para a nona subida consecutiva da bolsa nacional, algo que não acontecia desde janeiro de 2007. A praça lisboeta fechou a sessão de hoje a valorizar 0,87%, fechando acima dos 6400 pontos. Das 20 cotadas, 7 fecharam em queda, uma ficou inalterada, sendo que 12 subiram em relação ao fecho de sexta-feira.

O grande destaque do dia de hoje vai para a EDP Renováveis que viu a sua cotação crescer 3,78%, para os 4,12 euros. Também a Mota-Engil e a Soneacom subiram mais de 2%, fechando a sessão a cotar nos 3,63 e 1,04 euros, respetivamente.

No setor bancário, o BES e o Banif desvalorizaram, com o banco liderado por Ricardo Salgado a fechar o dia nos 98 cêntimos. Já o BCP valorizou 0,93% para os 0,109 euros. O banco de Fernando Ulrich também fechou a valorizar, com uma subida de 1,38%.

Nas restantes empresas, destaque para a GALP que valorizou 1,22% para os 12,82 euros; a Jerónimo Martins subiu 1,54% para os 14,82 euros. Já a Portugal Telecom valorizou 0,93% fechando o dia nos 3,7 euros.

Para Ricardo Almeida, da Patris Gestão de Ativos,foi um "dia de alguma indecisão em termos direccionais nos mercados de acções europeus. PSI20 com subida robusta, suportado pelo desempenho da EDPR e da Sonae. Índices de referência dos Estados Unidos continuam próximos de máximos históricos".

Profissionais
Empresas

Próximos eventos