Julius Baer adquire participação maioritária na gestora brasileira GPS


O maior private bank suíço, Julius Baer, acaba de anunciar um aumento de 50% de participação na gestora brasileira sediada em São Paulo, GPS Investimentos Financeiros e Participações S.A. Tal aumento permite que a participação da Julius Baer na gestora passe agora para os 80%, face aos anteriores 30%, adquiridos no final de maio de 2011.

Este acordo reforça o compromisso do Julius Baer, mas deixa também transparecer o objetivo estratégico do banco suíço em construir um negócio líder no Brasil, na área da gestão de patrimónios. 

Esta transação espera-se que gere um acréscimo de um dígito (pequeno) nos ganhos ajustados por ações do Grupo Julius Baer em 2014, sendo também expectável um impacto limitado de aproximadamente 60 pontos-base nas atuais relações de capital BIS do Grupo.

Passo importante na estratégia

Boris F.J. Collardi, CEO da Julius Baer, referiu: “estamos muito satisfeitos com a GPS, líder brasileira em gestão de patrimónios. A nossa participação maioritária permite-nos ter acesso de longo prazo a um dos mercados domésticos mais atrativos e promissores em todo o mundo, e representa um outro importante passo na execução de nossa focada estratégia de  crescimento".

No mesmo sentido, Gustavo Raitzin, Head do Julius Baer para América Latina e Israel e novo Presidente do Conselho de Administração da GPS, acrescentou: "este movimento reforça o compromisso de crescer e desenvolver os nossos negócios na América Latina, além de nos posicionar para aconselhar clientes em relação a investimentos no Brasil ou no exterior. Estamos confiantes de que uma ainda mais estreita cooperação futura irá gerar novos impulsos de crescimento para GPS”.

Oportunidades na área de consultoria

Da GPS, José Eduardo Martins, sócio-fundador da entidade, acrescentou: "estamos muito satisfeitos em ampliar a oferta a nossos clientes por meio de maior proximidade com o principal private bank suíço, com pesquisas globais e conhecimento de mercado. Esta operação irá criar oportunidades para que possamos prestar serviços de consultoria baseados na experiência combinada de ambas as empresas. Nós continuaremos com estratégia de forte crescimento, focando no nosso modelo de aconselhamento independente; o Julius Baer garante perpetuidade e sustentabilidade aos nos ambiciosos planos de expansão”.

De realçar também que a GPS é a maior gestora de patrimónios independente no Brasil, com cerca de 15 mil milhões de reais em ativos sob gestão. Nos últimos três anos a entidade praticamente duplicou o total de ativos que administra.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos