Tags: Obrigações | Ações | EUA | Europa |

Janet Yellen perto da aprovação final para liderar a Fed


Depois da semana passada ter sido marcada pelas festividades, esta semana os mercados voltam a um ritmo mais normal. Ainda assim, a semana começa hoje com bancos fechados pela Europa, já que é feriado em alguns países, como Itália, Grécia ou Espanha. Neste dia 6 de janeiro, as atenções viram-se para a Alemanha, onde se conhece o índice harmonizado de preços no consumidor no mês de dezembro. Em Portugal destaque para a confiança empresarial no país, também no mesmo mês. Ao nível da Zona Euro é conhecido o PMI composto e também o sentimento de confiança do investidor. Olhos postos também nos EUA com o Senado a votar a aprovação ou a rejeição de Janet Yellen como representante da Fed até 2018.

Definição da Taxa de juro no Reino Unido e Europa

Terça-feira, 7 de janeiro, na Alemanha conhece-se as mudanças na taxa de desemprego em dezembro. Na Zona Euro, o destaque vai para índice de preços no consumidor em dezembro e ainda para o índice de preços no produtor  em novembro.

Quarta-feira, dia 8 de janeiro, a Europa continua a estar na berlinda, e na zona euro é a vez de se conhecerem as vendas a retalho no mês de novembro. Na Alemanha, por seu lado, sabem-se as ordens feitas às fábricas no mês de novembro. Nos EUA, a causar volatilidade nos mercados, pode estar a revelação habitual das minutas pelo Comité de operações de Mercado Aberto da Reserva Federal.

Quinta-feira, dia 9 de janeiro, as novidades vêm do Reino Unido, onde se espera que a taxa de juro se mantenha inalterada, nos 0,50%.  A mesma decisão sobre a fixação da taxa acontece também na Zona Euro, antecedendo a habitual conferência de imprensa levada a cabo pelo presidente do BCE.

A fechar a semana, no Japão, destaque para o  relatório mensal divulgado pelo Banco do país.  Nos EUA, destaque para a taxa de desemprego no mês de dezembro e ainda para os “Nonfarm Payrolls”, do mês de dezembro  sendo que o departamento do trabalho americano a revelar as folhas de pagamento de todas as empresas não agrícolas.

O Mais Lido

Próximos eventos