Jabre Capital Partners disponível para institucionais em Portugal


Jabcap é o acrónimo de Jabre Capital Partners. À semelhança de outras empresas que passaram a contar com o registo junto da CMVM, ao longo do presente ano, junta-se a entidade de origem suíça, fundada em 2006, e que se caracteriza por ser uma plataforma especializada em gestão de ativos alternativos. A casa dispõe de estratégias de investimento domiciliadas nas ilhas Caimão além de um veículo UCITS IV. Presta ainda serviços a investidores institucionais e high net worth individuals.

O hedge fund passa a disponibilizar agora a investidores qualificados quatro estratégias. A primeira delas é um produto long/short de ações globais que combina a visão top down com a análise fundamental, sendo ainda feita uma alocação de ativos dinâmica. A estratégia investe principalmente em empresas de grande capitalizaçãoo, assim como em obrigações globais, futuros, opções e instrumentos do mercado monetário.

A estratégia de dívida convertível global pretende proporcionar aos investidores exposição a ações globais e obrigações com uma volatilidade inferior à dos ativos subjacentes, com um enfoque de retorno absoluto. Combina a seleção bottom up das emissões com uma visão macro e uma cobertura seletiva do mercado. 

A proposta em mercados emergentes (engloba ações e obrigações) partilha igual missão de gerar retornos absolutos ajustados ao risco no longo prazo através de uma carteira diversificada, com preferência por ativos da Europa de Leste, Médio Oriente e África. Combina como as estratégias anteriores a visão top down e bottom up para a seleção de ativos. A análise macro que é realizada para determinar onde estão as oportunidades aborda aspectos económicos, financeiros e políticos de cada país e região, e a análise fundamental implementada tem especificamente como fim a identificação de sectores e empresas. Os ativos podem destinar-se tanto a estratégias de valor absoluto como de valor relativo, pelo que podem usar instrumentos derivados. 

A Jabre Capital Partners conta ainda, e em último lugar, com uma carteira multiestratégia na qual se involucra todas as capacidades do grupo, já que pode englobar: a arbitragem de convertíveis, ações long/short e crédito long/short, event-driven, emergentes e global macro. A alocação de capital a cada uma das sub-estratégias realiza-se de acordo com a visão macro e os parâmetros de risco do diretor de investimentos da entidade, bem como da sua equipa. As ponderações podem variar significativamente ao longo do tempo, embora apresentem geralmente um bias para as estratégias de convertíveis, que costumam equivaler entre 50% e 60% do capital alocado. 

Profissionais

Próximos eventos