Tags: Obrigações | Ações |

J.P.Morgan. AM: Sucesso na troca de dívida


Na semana passada o IGCP realizou uma troca de dívida, passando dívida que vencia em 2014 e 2015 para 2017 e 2018. No total, o Executivo conseguiu tornar o peso da dívida mais leve nos próximos dois anos em mais de 6,6 mil milhões de euros.

Para a J.P.Morgan Asset Management,Portugal deu os primeiros passos no sentido de voltar ao mercado de capitais”, sendo que o fez por meio de um refinanciamento. Para a gestora foi um sucesso, sobretudo porque era esperado que apenas se conseguisse trocar 3 mil milhões de euros.

Como resultado, embora Portugal espere seguir os passos da Irlanda no seu programa de resgate no próximo ano, a situação fiscal ainda continua frágil tal como o crescimento económico, pelo que ainda pode ser necessário o apoio preventivo por parte da troika”.

Semana trágica

Segundo os dados dos seus relatório semanal, a semana que acabou no dia 6 de setembro foi negra para os mercados financeiras, com as principais praças mundiais a fecharam o ciclo semanal do lado negativo. O índice de ações que mais caiu foi o FTSE MIB com 4,7% de queda e depois o IBEX com -4,4%.

Também nos índices sectoriais a queda foi a tendência observada, com o setor da energia a cair 0,6% e o da saúde 0,7%.

Fixed Income lidera saídas

Os fundos de obrigações continuam a dominar a atenção dos investidores, do lado negativo, com os resgates a sobreporem-se às subscrições nas últimas semanas, de forma consecutiva.

Na semana que terminou no dia 29 de novembro, os fundos do mercado monetário atingiram os 15,1 mil milhões de euros.

Empresas

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos