Tags: Pensões |

Investimento em fundos de pensões atingiu 14,5 mil milhões


A revista Fórum, do Instituto de Seguros de Portugal, de periodicidade semestral, mostra e explica alguns dos temas mais relevantes na vida das entidades seguradoras. Na sua publicação, vêm descritos os fundos de pensões das entidades seguradoras, que atingiram os 14,5 mil milhões de euros em 2012, mais 9,32% do que no ano anterior.

A sua composição

Segundo os dados do ISP, são as Unidades de Participação em fundos de investimento que representam a maior quota na sua composição, representando 25,4% de toda a carteira. Logo depois vêm os Títulos de Dívida Pública, com 24,4%. Também as Obrigações de Entidades Privadas e Papel Comercial representam uma boa parte, com mais de 17% da composição.

O que mais cresceu

Entre 2011 e 2012, o grande destaque vai para os Depósitos, Certificados de Depósito, aplicações MMI e numerário, que cresceram 28,55% com mais de 2 mil milhões de euros. Em segundo lugar aparecem os títulos de dívida pública com um crescimento de 8,34%.

Já do outro lado da balança, foram as ações e os títulos de participação que mais decresceram, com uma perda de 39,55%, para os 1,2 mil milhões de euros.

Outras notícias relacionadas


Anterior 1 3
Anterior 1 3

O Mais Lido

Próximos eventos