Tags: Consultoria |

Investimento em fundos aumentou 37% num ano


O primeiro mês do ano foi complicado para as Gestoras de Patrimónios em Portugal, tal como aconteceu com o restante mercado. De acordo com os dados publicados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – no final de janeiro o montante sob gestão foi de 59,17 mil milhões de euros, bem abaixo dos 59,71 mil milhões alcançados dezembro passado. A queda situou-se em 0,91%, no entanto, quando comparado com o final de janeiro de 2015, assiste-se a um aumento de 7,80%, com a expansão monetária situar-se acima dos 4 mil milhões de euros. De destacar, ainda, que os valores das entidades associadas na APFIPP representam mais de 91% do mercado nacional, de acordo com os dados totais compilados pela CMVM.

A mesma tendência de crescimento aconteceu no investimento em fundos de investimento mobiliário (FIM). De acordo com a Associação, as entidades associadas tinham em carteira um investimento em FIM, no final de janeiro passado, que ascendia a 4.751 milhões de euros. Face ao mês anterior, assistimos a uma quebra de quase 4%, já que no final do ano o investimento ascendia a quase 4.950 milhões de euros.

Se compararmos com o mês homólogo, a subida é vertiginosa. Os dados da APFIPP mostram que, no espaço de um ano, o aumento do investimento em fundos aumentou mais de 37%. Em termos monetários, estamos a falar de um aumento de cerca de 1.300 milhões de euros.

Maior aumento ocorreu fora de Portugal

Analisando o investimento em Portugal e fora de portas, verificamos que este último foi o que sofreu o maior aumento. Os dados da APFIPP mostram que o aumento do investimento em UPs de FIM estrangeiro foi de 41%, passando de 2.736 para 3.861 milhões de euros.

O aumento do investimento em FIM nacionais foi mais modesto. No período em questão – entre janeiro de 2015 e janeiro de 2016 – o incremento foi de 23%, passando de 722 para 889 milhões de euros.

Investimento em FIM nos últimos doze meses

Fonte: APFIPP

 

Próximos eventos