Tags: Emergentes | Pensões | Latam |

Investidores valorizam presença das empresas no índice de sustentabilidade


O inquérito “O valor do ISE – principais estudos e perspectivas dos investidores”  mostra que 75% das instituições inquiridas utilizam, ou planeiam utilizar, nos próximos 12 meses, nas suas análises de investimento, o questionário respondido pelas cotadas no processo de selecção do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE).

No comunicado da gestora da bolsa brasileira, BM&FBovespa, sobre os resultados do inquérito, é referido que os fundos de pensões já estão a utilizar este índice para direcionar os seus investimentos para sociedades de capital aberto.

O inquérito envolveu 12 fundos de pensões, que gerem 260 mil milhões de reais (cerca de 97 mil milhões de euros), representando 45% do total estimado de investimentos dessas entidades no país, tendo o número de empresas que autorizam a publicação dos referidos questionários no ‘site’ subiu de oito para 14.

O estudo mostrou ainda que a rendibilidade média dos fundos de sustentabilidade foi superior ao Ibovespa em todos os períodos analisados, enquanto a volatilidade desses fundos foi inferior à do índice.

Encomendado pela bolsa, o estudo traçou um panorama do investimento sustentável e responsável, incluindo as principais tendências, contribuições na decisão de investimento e importância da transferência, de acordo com o mesmo comunicado.

Desde início deste ano, o Índice de Sustentabilidade Empresarial apresenta uma valorização de 14,05%, enquanto o Ibovespa subiu 1,27%, é mencionado na mesma nota.

Próximos eventos