Tags: Emergentes | Latam |

Investidores brasileiros dos vários segmentos preferem diferentes categorias de fundos


Segundos os dados publicados pela ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), os fundos de investimento em direitos creditórios lideraram a captação acumulada no ano até Junho, em especial devido às entradas massivas do segmento 'corporate'. A categoria dos FIDC totaliza um património de 85,8 milhões de reais.

Seguem-se os fundos de curto prazo, com uma captação líquida 19,6 milhões de reais. A contribuir para este montante esteve maioriatiamente o segmento do poder público. Em terceiro lugar, a categoria de fundos que recebeu mais dinheiro foi a de "renda fixa" em parte devido à entrada de cerca de 15,1 milhões de reais por parte de empresas fechadas de previdência complementar. 

O segmento do private optou pelos fundos multimercados que têm vindo a oferecer, ao longo deste ano, as melhores rendibilidades da indústria, enquanto os clientes 'retail' de alto rendimento, outro segmento de clientes de acordo com a classificação da ANBIMA, preferiu os fundos Referenciado DI. A captação nestas duas categorias de fundos não foi alta, com 4,2 milhões de reais e 1,3 milhões de reais, respectivamente. 

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

Próximos eventos