Tags: Obrigações | Ações |

Invest Gestão de Activos liderou rendibilidades em 2013


Os dados da Morningstar são claros: 227 fundos analisados e uma rendibilidade média na indústria nacional de 6,01% em 2013.  Foram mais de duas centenas de fundos de investimento divididos por mais de vinte entidades, entre mobiliárias e imobiliárias, com a grande vencedora do ano a ser a Invest Gestão de Activos. A gestora gere dois fundos e obteve uma rendibilidade média de 26,29%. Com 32,76% vem o Invest AR Média Empresas Portugal e com 12,29% de ganhos aparece o Invest AR PPR.

Já a Optimize Investment Partners ficou no segundo lugar com ganhos na ordem dos 10,61%. A entidade tem cinco produtos em carteira com o destaque a ir para o único fundo de ações, o Optimize Europa Valor que atingiu uma valorização de 16,31%. O segundo melhor fundo da entidade foi o Optimize Investimento Activo com ganhos de 14,85%.

Finaliza o pódio a Millennium Gestão de Activos que conseguiu uma rendibilidade média de 8,77% nos seus 18 produtos em carteira. O fundo líder da gestora em 2013 foi o Millennium Eurofinanceiras que conseguiu crescer 24,42% durante o ano. Em segundo lugar o Millennium PPA com ganhos de 22,36%.

A primeira gestora fora do pódio é a Montepio Gestão de Activos que conseguiu nos seus 21 fundos de investimento um rendimento médio de 8,71%. O seu fundo estrela de 2013 foi o Montepio Euro Telcos que conseguiu dar aos investidores ganhos de 31,5%. O segundo melhor fundo da gestora foi o Montepio Euro Healthcare que fechou o ano 23,73% acima do ano anterior.

Para completar as cinco melhores gestoras do ano passado, aparece o Santander Asset Management com ganhos médias de 7,32% nos seus 24 fundos de investimento. O seu melhor fundo foi o Santander PPA com uma rendibilidade de 41,27% seguido do Santander Acções Portugal que subiu 32,01%.

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos