Tags: Alternativos |

Interfundos continuar a liderar segmento imobiliário


No último mês do primeiro trimestre de 2015, os fundos de investimento imobiliário tinham mais de 11.219 milhões de euros em ativos sob gestão, o que comparando com o mês anterior se reflete numa perda de 0,2%, segundo o relatório mensal do segmento, publicado pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP). Já em relação ao final do ano passado a descida cifra-se em 1,6%, enquanto que em relação ao primeiro trimestre do ano passado a descida é mais acentuada, na ordem dos 7,9%. De realçar que neste relatório apenas aparecem as entidades que fazem parte da Associação.

O mesmo relatório mostra que o Património Imobiliário detido por estes produtos ascendia a 13.048 milhões de euros no final de março, menos 0,2% do que no final de fevereiro. Se analisarmos em relação ao final do primeiro trimestre do ano passado, a queda situa-se em cerca de mil milhões de euros, isto é, cerca de 8%, segundo os dados da APFIPP.

Também houve mexida no número de fundos, sendo que no final de março existiam 245 produtos, menos um do que no final de fevereiro. Esta queda de um fundo deveu-se à liquidação do Fundo Lapa Properties, gerido pela Interfundos.

Luta ‘taco-a-taco’

Entre as maiores gestoras nacionais, as duas primeiras são as únicas que superam um volume sob gestão de mil milhões de euros: a Interfundos e a Fundger. A primeira lidera o mercado nacional com uma quota de mercado de 12,8%, ou seja, 1.440 milhões de euros; enquanto a Fungder fechou março com 1.309 milhões de euros o que representa 11,7% de quota de mercado. O pódio é fechado com a Montepio Valor que no final do primeiro trimestre tinha mais de 916 milhões de euros em património.

Quanto a crescimento neste segmento do sector, verifica-se que a Norfin é a entidade que mais se destaca entre o final de 2014 e março de 2015. A gestora aumentou o seu património em 0,4% para os 912,2 milhões de euros.

Neste sentido, estas quatro entidades (Interfundos, Fundger, Montepio Valor e Norfin) representam mais de 40% do segmento imobiliário em Portugal, conforme informação da APFIPP.

Com um crescimento de 2% surge, no quinto lugar das maiores entidades, a Square Asset Management, que desta feita finalizou o mês de março com 812,4 milhões de euros em volume sob gestão.

As gestoras imobiliárias com mais de 100 milhões de euros depatrimónio

Carregue para ver em maior

Fonte: APFIPP no final do mês de março
Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos