Tags: Alternativos |

Interfundos continua a liderar segmento imobiliário


No final do mês passado, o valor sob gestão dos fundos de investimento imobiliário (FII), dos fundos especiais de investimento imobiliário (FEII) e dos fundos de gestão de património imobiliário (FUNGEPI) ultrapassou os 12.184 milhões de euros, menos 0,3% do que no final do mês anterior, ou seja, cerca de 31,6 milhões de euros, segundo os dados publicados pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Os 142 fundos de investimento imobiliário, entre abertos e fechados, tiveram uma queda de 0,4% para 8.536 milhões de euros, enquanto nos FEII o aumento foi residual para 2.830 milhões de euros. Já os fundos de gestão de património imobiliário caíram 0,2% para 871 milhões de euros.

Interfundos continua a liderar

Entre as mais de três dezenas de entidades, a Interfundos continua a liderar o mercado, em termos de ativos sob gestão, com uma quota de 13,3%, ficando à frente da Fundger e da Montepio Valor, com 11,6% e 8,1%, respetivamente. As posições seguintes são ocupadas pela Norfin (8%) e pela Square Asset Management (7%). Estas cinco entidades representam praticamente metade de todo o património existente no segmento imobiliário em Portugal, no primeiro mês de 2015.

Maiores fundos inalterados

Entre os maiores fundos imobiliários (FII e FEII), não houve mudanças. O Fundimo, da Fundger, continua a ser o maior produto nacional do segmento com 653 milhões de euros em ativos sob gestão, seguido do Gespatrimónio Rendimento da GNB Gestão de Activos com 394,9 milhões e do Novimovest da Santander Asset Management com 329,6 milhões de euros.

Já nos FUNGEPI, o Fungepi – Novo Banco II, da GNB Gestão de Activos, continua a ser o maior produto da sua categoria, tendo terminado o mês passado com 328,9 milhões de euros.

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos