Tags: Obrigações | Ações |

Golden Assets positiva em relação ao mercado acionista português em 2014


Esperançosa neste ano que agora entrou em vigor, a Golden Assets, com sede no Porto, acredita que Portugal terá um bom desempenho em 2014. Corroborando da ideia da boa performance do mercado acionista, Luís Barreto Xavier, responsável de research macro da entidade, refere que na gestora acreditam “que haverá um bom desempenho dos mercados de ações em Portugal para 2014” e também “em todos aqueles [mercados] em que haja uma normalização das expectativas quanto à evolução das suas economias, como a zona euro, Ibéria, Ásia, nomeadamente China e Japão”, conclui.

Relativamente ao leilão de dívida efetuado na quinta-feira da semana passada, a Golden Assets atribuiu nota positiva à emissão, já que esta “foi colocada com um spread ligeiramente inferior ao que estava a ser praticado na mesma maturidade no mercado secundário”, pode ler-se num comunicado da entidade.

Risco de crédito dependente de execução orçamental

Segundo o especialista,  “Portugal fez muito bem em aproveitar a descida de taxas de longo prazo verificada nas últimas semanas para se financiar com juros mais atrativos do que os praticados nos últimos 3 anos”. Se não existirem choques políticos e financeiros, a gestora acredita mesmo que a evolução das yields deverá ser positiva, o que dará lugar a uma descida durante 2014.

“O risco de crédito de Portugal estará dependente da boa execução orçamental, mas também pelo apetite generalizado por parte dos investidores por obrigações soberanas com rendimentos superiores”, explica Luís Barreto Xavier.

Desta forma, o analista alerta também para a evolução das yields portuguesas em 2014, já que a taxa de juro pode aumentar em função da deteriorização das condições económicas verificadas na Zona Euro, designadamente com crescimento implícito das expectativas de inflação.

Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos