Tags: Estilo |

“Gisberta”, agora para ver no Cinema São Jorge


O monólogo protagonizado por Rita Ribeiro, conta com o texto de Eduardo Gaspar  e baseia-se na história real do assassinato da transexual Gisberta.

Pretende ser uma chamada de atenção para as consciências, conduzindo o imaginário da mãe de Gisberta, que é interpretada pela conhecida atriz nacional.

O público é envolvido pela força do monólogo, a cenografia intimista e os elementos multimédia. A intensidade do texto leva à reflexão acerca dos valores humanos.

A peça estreia hoje às 22 horas. 

Próximos eventos