Tags: Obrigações | Ações |

Gestores nacionais melhoram performance


Segundo os dados da Morningstar para o mercado nacional, o indicador alfa melhorou nos últimos cinco anos, de entre todos os fundos de investimento disponíveis em Portugal. O Alfa é a medida de avaliação da ‘performance’ mais utilizada para medir a contribuição do gestor para o desempenho final do fundo, e há cinco anos atrás a média do sector estava situada em -3,59%. Nos últimos anos tem vindo a melhorar, com o valor a três anos a situar-se nos -3,55% e no último ano a tornar-se positivo para os 0,68%.

As grandes melhorias a cinco anos

A grande melhoria no alfa entre o período a cinco anos e a um ano vai para a gestão do fundo de ações BPI Portugal, que está a cargo da Catarina Ferreira e do Sérgio Candeias, segundo os dados da Morningstar. Essa melhoria foi na ordem dos 13308%, passando de 0,07% (a cinco anos) para 10,25% (a um ano). Também o fundo da ESAF, ES Renda Mensal Euro, da categoria de obrigações, melhoria o seu alfa em 7950%, passando de 0,17% para 13,78%, sendo gerido por David Dias. Para o TOP 3 das melhores recuperações ficar completo, fecha o pódio outro fundo da ESAF, neste caso o ES Poupança Ações PPA, gerido por José Valente. As suas melhorias a cinco anos são da ordem dos 3243%, passando de 0,38% para 12,95%.

Os melhores dos últimos doze meses

Entre os meses de julho de 2012 e 2013, o fundo com o maior alfa pertence à Invest Gestão de Ativos e é o Investe AR PPR. O seu alfa a doze meses é de 16,91%, bem acima da média do sector que se situou em 0,68%. Também o fundo de ações Montepio Capital apresentou um alfa nos último ano bem acima da média, ao fechar os doze meses no valor de 14,6%.

O melhor alfa

De todas as casas de investimento, o alfa médio maior dos últimos doze meses pertence à Invest Gestão de Ativos, apresentando um valor de 15,29%, no entanto, tem apenas sob gestão dois fundos de investimento. Para as gestoras com mais fundos sob gestão, o destaque vai para a ESAF com um alfa média de 3,13%, tendo quase duas dezenas de fundos. Também o Popular Gestão de Ativos e o Santander Asset Management tem um alfa médio superior a 2%.

Profissionais
Empresas

Outras notícias relacionadas


Anterior 1 3
Anterior 1 3

Próximos eventos