Tags: Consultoria |

Gestoras de patrimónios aumentam o investimento em fundos


No final do mês de agosto, os ativos sob gestão das entidades que gerem patrimónios atingiram mais de 59.947 milhões de euros, o que representa um aumento de 7,34% face ao mês anterior, segundo os dados revelados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP).

Fundos de investimento portugueses: um dos destinos 

Analisando apenas o investimento que estas entidades efetuam em fundos, verifica-se que o crescimento de dinheiro aplicado nestes produtos foi superior a 16%, passando de 5.305 para 6.168 milhões de euros, no final de agosto

Para este aumento que se cifra num valor superior a 850 milhões de euros, em muito contribuiu o investimento doméstico, já que o valor aplicado em fundos de investimento portugueses registou um incremento de 40% para os 1.870 milhões de euros. No que toca precisamente ao crescimento dos fundos de investimento portugueses há que realçar o papel determinante dos fundos de investimento imobiliário nacionais. De acordo com a Associação, as SGP aplicaram mais 450 milhões de euros nestes produtos, o que se traduz num incremento para o dobro nesta rubrica, comparativamente com julho. Uma outra grande "ajuda" para o aumento do investimento em fundos nacionais decorreu por via da categoria de 'Outros Fundos Mobiliários Portugueses' (que naturalmente engloba os produtos que não se inserem nas categorias de fundos de ações, obrigações e monetários) que  sofreu um incremento de quase 19% de dinheiro aplicado, o que representa um acréscimo monetário de 90 milhões de euros.

Já os fundos com sede fiscal na União Europeia, excepto Portugal, tiveram uma evolução positiva, neste caso de 4,75%, fechando o mês passado nos 3.465 milhões de euros. O incremento monetário nestes fundos foi superior a 150 milhões de euros. Nos fundos de investimento com sede em “Outros Países”, por seu lado, as gestoras de patrimónios aumentaram em mais de 24% o investimento efetuado, tendo no final de agosto mais de 830 milhões de euros investidos a este nível.

Investimento nos valores mobiliários nacionais ultrapassa os 20.000 milhões

Excluindo os fundos de investimento e olhando para investimento nos restantes valores mobiliários, verifica-se que as entidades gestoras de patrimónios aumentaram em 5% o montante que aplicam nesses títulos. No final do oitavo do mês do ano ascendia a 45.350 milhões de euros, o montante aplicado em valores mobiliários. 

Nos dados da APFIPP há que destacar o investimento realizado nos valores mobiliários portugueses. As SGP ultrapassaram os 20.001 milhões de euros de montante investido nos títulos do mercado nacional, o que se traduziu num crescimento acima dos 6%.  

Entre os restantes países onde as gestoras de patrimónios investem, o maior aumento percentual aconteceu no mercado do Canadá, com o valor aplicado a crescer de 1.469 para mais de 8.700 milhões de euros, ou seja, quase 500%. Destaque, também, para o aumento do investimento na Austrália que passou de 9.436 para 12.591 milhões de euros, o que representa um incremento de 33%.

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos