Tags: Negócio |

Gestoras de ativos e consultores de investimento: oportunidades a baterem-lhes à porta?


Oportunidade. É assim que um recente estudo levado a cabo pela empresa global de análise Cerulli Associates apelida o futuro negócio empreendido pelas gestoras de ativos e pelos consultores de investimento. A quarta edição do “The Cerulli Edge- Institutional Edition” conclui que ambos os profissionais estão neste momento “a abraçar oportunidades para ajudar muitos investidores institucionais a abordarem soluções personalizadas complexas”.

A empresa de análise  refere que factores como os riscos imprevistos, a incerteza quanto ao retorno das ações, e o desafios impostos pela diversificação “fizeram com que as instituições e os seus gestores partissem em busca de respostas”, afirma Alexi Maravel, diretor associado da Cerulli. “As soluções personalizadas têm vindo a receber uma atenção significativa durante os últimos anos, à medida que  os investidores institucionais se vão apercebendo destes problemas complexos”.

Por esta altura, chega portanto uma era de oportunidades onde as “gestoras de ativos e os consultores de investimento estão a abraçar a chance de ajudar os seus clientes institucionais a “navegar” nestes assuntos complexos, com soluções personalizadas que vão mais além da simples estratégia por si só”, explica Cindy Zarker, diretor da Cerulli.

No caso das gestoras de ativos de grande dimensão, Alexi Maravel refere que estas estão a “organizar serviços com soluções personalizadas ao nível das plataformas de multi classes de ativos, de forma a lidar com a competição que está a aparecer vinda das consultoras de investimento e de outros fornecedores”. No entanto, na perspetiva do diretor “as gestoras de ativos vão continuar a enfrentar o desafio de negócio de criar escala, tal como soluções simples que vão ao encontro das necessidades específicas dos clientes”. 

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos