Tags: Consultoria |

Gestão de Patrimónios cresce 0,7% em março


O segmento de Gestão de Patrimónios tinha, no final de março, mais de 56.675 milhões de euros em ativos sob gestão, segundo os dados publicados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP - na sua página da internet. Este valor corresponde a um aumento de cerca de 0,7% face ao mês anterior, ou seja, quase 400 milhões de euros. Se se analisar o crescimento em 2015, este cifra-se em mais de 4,7%, isto é, mais de 2.500 milhões de euros. Em termos homólogos, houve uma queda de 0,1%.

Ao nível das entidades, aquela que mais cresceu numa base percentual, de fevereiro para março, foi a MNF Gestão de Activos. Esta gestora fechou o primeiro trimestre do ano com 19,4 milhões de euros em património. O crescimento entre fevereiro e março, por seu lado, situou-se em 11,2%. Já o maior aumento absoluto no período pertenceu à BPI Gestão de Activos, que viu o seu património incrementar-se  quase 200 milhões, para praticamente 7.800 milhões de euros.

A Caixagest continua a ser a líder neste segmento, com mais de 22.700 milhões de euros em ativos sob gestão. A F&C Portugal segue em segundo lugar com mais de 14.400 milhões, encerrando o pódio com a BPI Gestão de Activos, com quase 8.000 milhões de euros.

Dunas Capital: o maior crescimento percentual de 2015

No primeiro trimestre do ano o maior crescimento percentual aconteceu na Dunas Capital. Entre o final de dezembro do ano passado e o último mês de março, esta entidade cresceu 20,5% para quase 28 milhões de euros sob gestão. Em termos de variação patrimonial, o maior aumento aconteceu na BPI Gestão de Activos que cresceu 836 milhões de euros nos três primeiros meses do ano.

BPI Gestão de Activos cresce quase 50% num ano

A BPI Gestão de Activos é a entidade que mais cresceu nos últimos doze meses, ao nível da gestão de patrimónios. Entre março de 2014 e março de 2015 a entidade cresceu 46,3% o que representa, em termos monetários, numa subida de praticamente 2.500 milhões de euros.

A Caixagest foi a outra entidade que cresceu acima de 2 mil milhões de euros no espaço de um ano, o que, em termos percentuais representa 9,8%. Já a Dunas Capital cresceu 31,7%, o que representa um aumento de 6 milhões de euros.

Ativos sob gestão das Gestoras de Patrimónios

GestoraMarço 2015
Caixagest 22 704 282 346,23 €
F&C Portugal 14 411 157 605,95 €
BPI Gestão de Activos 7 796 124 609,78 €
Santander Asset Management 5 023 397 159,44 €
GNB - SGP 2 915 107 836,85 €
Crédito Agrícola Gest 2 166 393 544,23 €
Montepio Gestão de Activos 1 394 419 358,80 €
Patris Gestão de Activos 212 435 392,83 €
Dunas Capital - Gestão de Activos 27 913 697,46 €
MNF Gestão de Activos 19 478 344,84 €
Orey Financial 5 113 929,02 €
Fonte: APFIPP no final de março.
 
Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos