Fundos mistos e de ações revezaram-se em abril no âmbito dos mais subscritos


Balancear o risco e manter a precaução. Este foi um dos motes que os investidores do Banco Best, ActivoBank, BiG e Banco Invest optaram por seguir no passado mês de abril, já que os fundos mistos se evidenciaram na lista dos produtos mais subscritos em cada uma das plataformas, a par dos habituais produtos que investem nos mercados acionistas.

No campo dos fundos mistos foram  quatro os nomes que deram nas vistas, e que comungam do facto de serem fundos mistos moderados com uma abordagem global. O Nordea-1 Stable Return Fund E EUR, gerido pela Nordea Asset Management, aparece no topo das preferências em três das quatro entidades citadas. O fundo da casa nórdica é mesmo o segundo fundo mais subscrito na Europa durante o primeiro trimestre do ano e, segundo uma recente atualização feita a partir de uma entrevista com o próprio gestor, a filosofia de investimento do produto passa “por minimizar o risco e não por maximizar a rentabilidade”.  Outro dos fundos mais populares neste âmbito foi o UBS (Lux) SF Balanced (EUR) N-acc, a cargo da UBS Global AM, que, segundo a página da Morningstar, apresenta uma maior exposição a Estados Unidos, que se concretiza numa alocação de pouco mais de 40% a esta região. 

No campo dos produtos mistos, destacam-se ainda dois fundos: o Fidelity Funds - Multi Asset Strategic E EUR Acc, da Fidelity Worldwide Investment e o MFS® Meridian Funds - Global Total Return Fund Class A1 EUR Acc, da MFS Investment Management.

Fundos mistos mais subscritos em abril nas plataformas

FundoGestoraCategoria/Região
Fidelity Funds - Multi Asset Strategic E EUR AccFidelity Worldwide InvestmementMisto Moderado/Global
MFS® Meridian Funds - Global Total Return Fund Class A1 EUR Acc
MFS Investment ManagementMisto Moderado/Global
Nordea-1 Stable Return Fund E EURNordea AM Misto Moderado/Global
UBS (Lux) SF Balanced (EUR) N-accUBS Global AM 

Misto Moderado/Global

 Fonte: Informação cedida pelo Banco Best, ActivoBank, BiG, e Banco Invest

Quando o assunto são os fundos de ações, o caso muda de figura face ao mês de março, altura em que as bolsas globais foram as privilegiadas pelos investidores. Um mês depois a Europa foi “a rainha” a esta nível, já que se contam meia dúzia de fundos de ações mais subscritos a investirem nesta região.

Também aqui os 'habituées' saltam à vista, como é o caso do UBS (Lux) Equity SICAV - European Opportunity Unconstrained (EUR) P-acc, que, segundo Jeremy Leung, numa entrevista à Funds People, é um produto onde atualmente se reflete a preferência pelas empresas que estejam a executar restruturações. Se neste caso o fundo da UBS Global AM “olha” para as grandes capitalizadas com um estilo crescimento, no caso do  SISF Euro Equity B, da Schroders, -também ele um nome comum nesta lista – o enfoque vai para as empresas de estilo ‘blend’. Ainda com um pé na Europa, e a partilharam um objetivo de investimento que visa a distribuição de rendimentos, importa nomear o Schroder ISF European Dividend Maximiser e o JPMorgan Europe Strategic Dividend. Os fundos geridos pela Schroders e pela J.P. Morgan AM respetivamente, investem ambos em grandes capitalizadas de estilo valor, e por sector, partilham ainda a maior exposição aos serviços financeiros, que em ambos os casos está muito próxima dos 30% em carteira.

Saúde e Tecnologia recuperam terreno

Em abril os investidores também se mostraram adeptos dos fundos de ações que investem nas temáticas da saúde, tecnologia e biotecnologia, e também aqui os nomes são mais do que conhecidos: BlackRock Global Funds - World Healthscience E2 EUR, Fidelity Funds-Healthcare Fund, Franklin Biotechnology  Discovery N, Franklin Technology N Acc €. Para além destes “suspeitos do costume”, da Franklin Templeton Investments, BlackRock e Fidelity Worldwide Investment, há que nomear ainda o Pictet Generics, da Pictet Asset Management, que no final de abril, segundo o site da entidade, foi reposicionado como “Pictet-Health”, de forma a “captar um conjunto mais amplo de oportunidades de investimento”. Segundo a mesma fonte, no final de abril o produto tinha nas suas dez maiores posições nomes como as farmacêuticas Actavis ou Teva.

Fundos de ações mais subscritos em abril nas plataformas

FundoGestoraRegião ou Sector
BlackRock Global Funds - World Healthscience E2 EURBlackRock Saúde
Fidelity Funds-Healthcare FundFidelity Worldwide InvestmentSaúde
Franklin Biotechnology  Discovery NFranklin Templeton InvestmentsBiotecnologia
Franklin Technology N Acc €
Franklin Templeton InvestmentsTecnologia
Invesco Funds - Invesco Global Structured Equity Fund EInvesco AM  Global
Invesco Pan European Structured EquityInvesco AMEuropa
JPMorgan Europe Strategic DividendJ.P. Morgan AM Europa
Jupiter JGF European Gr L EUR AccJupiter AM Europa
Legg Mason CB US Agrsv Gr A EUR AccLegg Mason Global AM EUA
Nordea 1 Stable Equity Long/ShortNordea AM Global
Pictet Generics (atualmente Pictet-Health)Pictet Asset ManagementSaúde
Pictet Global Megatrend Selection R EURPictet Asset ManagementGlobal
Schroder ISF European Dividend MaximiserSchrodersEuropa
SISF Euro Equity BSchrodersEuropa
UBS (Lux) Equity SICAV - European Opportunity Unconstrained (EUR) P-accUBS Global AMEuropa
 Fonte: Informação cedida pelo Banco Best, ActivoBank, BiG, e Banco Invest
Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos