Tags: Emergentes |

Fundos Long and Short e Macro superam valorização do IHFA no ano


O último boletim mensal da ANBIMA com dados relativos a outubro, dá conta dos “vencedores” das rendibilidades desde que o ano começou até ao mês indicado. As mudanças em relação a setembro são poucas: a liderar as rendibilidades nos últimos 12 meses continuam a estar os Long and Short direcional, que com 8,53% de retorno ficam à frente dos Long and Short neutro, que em outubro conquistavam  uma rendibilidade acumulada no ano de 8,42%.

A estes tipos de fundos juntam-se também os Multimercados macro que nos últimos 12 meses atingiram uma rendibilidade de 5,98%. Precisamente as categorias atrás enunciadas (Long and short – direcional e neutro) e a Multimercados macro superaram a valorização do IHFA (índice representativo da indústria de hedge funds no Brasil), que em outubro era de 5,24%.

No que diz respeito aos restantes tipos de fundos, todos registaram ganhos acumulados no ano inferiores a 5% e, claro, inferiores à valorização do IHFA.

Os fundos Multimercados apesar de terem uma captação de património líquido negativa no mês de outubro, desde o início do ano até ao mês em questão conseguiram uma captação positiva de 1% no património líquido, o que soma 495,3 milhões reais.  

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos