Tags: Alternativos |

Fundos imobiliários: investimento noutros fundos cresceu num ano


No final do mês de janeiro, o valor líquido global das entidades nacionais associadas na Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – que gerem fundos de investimento imobiliário ascendia a 10.021,9 milhões de euros, menos 0,6% do que o valor registado no último mês do ano passado. Se o período em comparação se alargar para o mesmo mês de 2015, então a queda é vertiginosa. No espaço de um ano o valor líquido sob gestão das entidades imobiliários decaiu 9,4%, ou seja, cerca de mil milhões de euros.

No que toca aos investimentos realizados pelos fundos imobiliários, há uma rubrica que se destacou nos últimos doze meses: o investimento noutros fundos imobiliários.  No final de janeiro passado o total desta rubrica ascendia a 87,65 milhões de euros, mais 12,55% do que o registado no mesmo mês do ano passado. Relativamente ao mês anterior – dezembro de 2015 – a subida ainda foi maior, na ordem dos 27,5%, já que no final do ano passado o valor registado era de 68,1 milhões de euros.

No entanto, esta subida pode estar relacionada com a introdução, por parte da Associação, dos Fundos de Gestão do Património Imobiliário (FUNGEPI) na contabilização do segmento imobiliário.

Pouca presença em carteira

Apesar do aumento do investimento noutros fundos imobiliários, a presença desta rubrica ainda é pouco relevante no “bolo total”. Os dados da Associação mostram que a ‘fatia’ que esta categoria representa é sempre em torno de 1% da carteira, ao longo dos últimos doze meses.

Evolução do investimento em fundos imobiliários

em milhares de euros
Fonte: APFIPP no final de cada mês

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos