Tags: Pensões |

Fundos de tesouraria crescem quase 8% nas carteiras dos fundos de pensões abertos e fechados


No final do segundo trimestre de 2015, os fundos de pensões abertos e fechados somavam 15.777 milhões de euros de ativos sob gestão. São as contas da APFIPP divulgadas recentemente no seu Relatório Trimestral sobre este segmento de negócio, que mostram que comparativamente com o final de março de 2015, o montante sob gestão destes produtos abrandaram ligeiramente, mais concretamente 2,8%.

Na “fotografia” que a Associação faz sobre a evolução das aplicações nos fundos de pensões, verifica-se que no conjunto das carteiras dos fundos abertos e fechados, a presença de fundos de investimento decaiu em termos gerais, no período em análise. 

Fundos mais defensivos conquistaram terreno 

Ainda assim, os fundos de tesouraria progrediram 7,8% nas carteiras dos fundos de pensões abertos e fechados, e foram mesmo a aplicação com maior crescimento entre todas as outras. No final de junho, os fundos de tesouraria somavam 38,6 milhões de euros nas carteiras dos produtos em causa, um avanço significativo quando comparado com o término de março em que congregavam 35,8 milhões de euros investidos.

Também a rubrica de ‘outros fundos de investimento’, conseguiu avançar 1,2%, comparativamente com o segundo trimestre, para os 271,9 milhões de euros investimento

Obrigações taxa variável euro também cresceram

Olhando para as restantes aplicações nas carteiras destes fundos verifica-se que, para além das referidas atrás, apenas mais uma evoluiu positivamente no período. Trata-se das obrigações taxa variável euro, que conseguiram crescimento trimestral de 3,9%. Com este avanço, as obrigações taxa variável euro somavam nas carteiras dos fundos de pensões abertos e fechados mais de 1.560 milhões de euros, no final de junho. 

No seu conjunto, as obrigações continuam ser a aplicação "mais volumosa" nas carteiras dos fundos de pensões abertos e fechados: compõem 41,2% destas estratégias e representam em termos monetários mais de 6.500 milhões de euros. 

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos