Tags: Pensões | Ações |

Fundos de pensões voltam aos ganhos


Depois da queda registada em setembro e em agosto, a rendibilidade mediana estimada dos fundos de pensões portugueses voltou a ter valor positivo. Os dados da consultora Mercer apontam para um crescimento de 2,1% no mês de outubro suportado, sobretudo, pelas ações. Estes ativos tiveram um crescimento de 7,5% em outubro, com as ações europeias a valorizarem 7,3% e as “outras ações” a sofrerem um incremento de 8,1%. Já as obrigações tiveram uma performance positiva de 0,7%, ajudadas em grande parte pelas obrigações de taxa fixa euro que apresentaram um ganho de 1%.

Já em 2015 a rendibilidade mediana estimada é de 2,9%, com as obrigações a registaram uma subida de 1,1% e as ações a valorizarem 5,8%, com as europeias a registarem uma rendibilidade de 7,5%.

Para o Partner da Mercer, Rui Guerra, “os fundos de pensões portugueses obtiveram em outubro uma rendibilidade mediana estimada de 2.1%, devido ao desempenho positivo das ações e obrigações. Os resultados de outubro refletiram o otimismo dos investidores, impulsionado pelo discurso de Mario Draghi e as indicações positivas relativas à banca. Os EUA terminaram o mês com um dos maiores ganhos dos últimos anos.”

Fonte: Mercer
Profissionais

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

Próximos eventos