Tags: Pensões |

Fundos de pensões fecham o ano com mais de 1,2 mil milhões de euros


Morningstar apresenta dados de dez entidades gestoras e 59 fundos de pensões. Neste universo, o ano passado fechou com 1281 milhões de euros sob gestão. Em termos médios, cada fundo de pensões gere mais de 21,72 milhões de euros.

BPI Vida e Pensões comanda

Em termos de entidades gestoras, é a BPI Vida e Pensões aquela que mais dinheiro geria no final de 2013 com cerca de 308 milhões de euros divididos por cinco produtos. Com dez produtos e um valor total sob gestão de quase 380 milhões de euros aparece a FUTURO e em terceiro lugar vem a ESAF com seis fundos de pensões e mais de 178 milhões de euros sob gestão.

Do lado oposto aparece a Eurovida com três produtos e mais de 3,5 milhões de euros em carteira. Segue-se a SGF com oito produtos e 29 milhões de euros em carteira.

Apenas três fundos com mais de 100 milhões

Dos quase 60 fundos, apenas três apresentam um valor sob gestão acima de cem milhões de euros. A liderança vai para o BPI Valorização da BPI Vida e Pensões com quase 150 milhões de euros. Com 140 milhões de euros vem o Futuro 5 Estrelas PPR da Futuro. Por fim vem o ES Multireforma da ESAF com quase 120 milhões de euros em carteira.

O valor total sob gestão das entidades nacionais

 

 

 

 

(Análise Funds People a partir de dados cedidos pela Morningstar. A empresa de análise apresenta, conforme se verifica no quadro, dados em separado da BPI Pensões e BPI Vida, embora no texto e porque as sociedades se fundiram, a Funds People opte por tratar os dados em conjunto).
Empresas

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos