Tags: Pensões |

Fundos de pensões fechados acima dos 15 mil milhões de euros


Na globalidade, os fundos de pensões nacionais atingiram em junho os 17.506 milhões de euros de ativos sob gestão, valores bem mais próximos do final do ano passado do que do término de março. Nessa altura (final do primeiro trimestre do ano), os fundos de pensões tinham ultrapassado a barreira dos 18 mil milhões de euros de ativos sob gestão.

Igualmente numa análise das categorias de fundos de pensões, percebe-se que o recuo trimestral (do primeiro para o segundo trimestre do ano) foi transversal a todas as categorias.

Fundos Fechados

Os fundos de pensões fechados continuam a ser a maior categoria de fundos de pensões, embora o seu volume sob gestão tenha decrescido ligeiramente em junho comparativamente com o mês de março.

Se no final do primeiro trimestre de 2015 esta categoria reunia 16.094,9 milhões de euros, em junho esse montante recuou para os 15.496,7 milhões. Embora de um trimestre para o outro a queda tinha sido de 3,7%, nos últimos 12 meses o crescimento é positivo: 1,5%.

Outros Fundos de Pensões Abertos

Esta categoria assim definida pela APFIPP é a mais robusta em termos de crescimento nos últimos 12 meses, período em que o montante gerido avançou 12,9%. No final de junho chega aos 1.578,8 milhões de euros de património sob gestão, valor que baixou ligeiramente comparativamente com março passado. Esta categoria de fundos representa uma quota de mercado de 9%, que tem vindo a aumentar nos últimos trimestres.

Fundos PPR

Os fundos de poupança reforma, incluem, segundo a APFIPP, os fundos de constituídos sob a forma de fundos de investimento mobiliário e sob a forma de fundos de pensões.  No final de junho os produtos constantes deste grupo somavam 430,8 milhões de euros de ativos sob gestão, o que representa uma queda trimestral de 3,4%. No último ano, contudo, o montante gerido por estes produtos já cresceu 2,8%. Realce-se que a quota de mercado desta categoria não tem variado nos últimos trimestres mantendo-se inalterada nos 2,5%.

Fundos PPA

Os fundos poupança ações são a categoria mais pequena em análise. No término de junho estes fundos tinham sob gestão 1,9 milhões de euros, e de um trimestre para o outro tiveram uma queda de 13,2%. Nos últimos três trimestres a categoria de fundos alcançou uma soma mais "avantajada" em março, altura em que chegou aos 2,2 milhões de euros de ativos sob gestão.

Em termos de resultados, importa destacar que estes fundos, nos meses já decorridos de 2015, apresentam rendibilidades muito favoráveis, que vão além dos 10% de retorno.

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos