Tags: Pensões |

Fundos de Pensões crescem mais de 10% nos últimos doze meses


Nos últimos doze meses e, segundo mostra o relatório do terceiro trimestre da Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP), os fundos de pensões cresceram mais de 1.500 milhões de euros. Assim, no final de setembro o volume gerido pelos fundos de pensões atingiu os 15.775 milhões de euros, mais 10,8% do que há um ano atrás e mais 6,7% do que no final do ano passado.

Também em número de fundos houve um acréscimo no último trimestre face ao anterior. No final de setembro contavam-se 189 fundos, mais um do que no final do segundo trimestre deste ano.

Investimento em fundos também aumenta

Nos últimos doze meses, o investimento em fundos também aumentou em cerca de 10% na carteira dos fundos de pensões. No final do nono mês do ano, o investimento ascendia a 3.756 milhões de euros, mais 331 milhões face ao ano anterior. Já desde do início do ano, o aumento situa-se em 233 milhões de euros.

Observando o período homólogo verifica-se que o maior aumento percentual aconteceu nos fundos de investimento de tesouraria, cuja exposição progrediu 75% para mais de 54 milhões de euros. Já em 2014 o maior crescimento ocorreu nos fundos de ações que sofreram um incremento de 15% para mais de 1.500 milhões de euros.

Em termos absolutos a maior subida surgiu, também, nos fundos que investem no mercado acionista. Tanto nos últimos doze meses como em 2014 a subida situa-se acima dos 200 milhões de euros.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos