Tags: Emergentes | Latam | Pensões |

Fundos de pensões brasileiros com ganhos médios de 1,06% no 1.º trimestre do ano


A Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (ABRAPP) acaba de divulgar os seus dados sobre o primeiro trimestre do ano. Segundo as informações da entidade, a carteira consolidada dos fundos de pensões obteve uma rentabilidade média de 1,06% durante os primeiros três meses do ano, o que configura um valor abaixo da meta atuarial de 3,48%. Mais baixa ainda foi  a rentabilidade média obtida no mesmo período do ano passado: 0,8%.

Em detalhe, analisando a carteira consolidada por tipo de aplicação, verifica-se que o maior peso corresponde à renda fixa (obrigações), que oferecendo um retorno de 2,68%, compõe 61,7% dos ativos. Em seguida, a renda variável (ações) acabou o trimestre com uma rentabilidade negativa de -2,76%, compondo 27,6% da carteira. No final de março os fundos de pensões totalizavam 649

As estatísticas agora reveladas pela ABRAPP demonstram ainda que os ativos dos planos instituídos atingiram os 2,5 mil milhões de reais nos três primeiros meses de 2014, contra 2,02 mil milhões de reais no mesmo período de 2013. Os ativos totais dos fundos de pensões somaram os 679 mil milhões de reais no final de março. 

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos