Tags: Consultoria |

Fundos de investimento nacionais crescem 35%


Cinco mil milhões de euros. Este foi o valor final que os fundos de investimento atingiram nas carteiras das gestoras de patrimónios, quando somando os fundos de investimento nacionais, com a União Europeia e os restantes países, segundo a APFIPP. Entre o final de 2012 e o final do ano passado, os fundos de investimento aumentaram a sua participação em 19%, ou seja, mais de 800 milhões de euros.

Fundos nacionais sempre a crescer

Durante o ano passado, os fundos de investimento nacionais aumentaram a sua participação em todos os trimestres, nas carteiras das gestoras de património, em mais 34% para os 2,26 mil milhões de euros. No primeiro trimestre o aumento foi de 18%, sendo nos trimestres seguintes mais modestos: 3% no segundo trimestre e 5% em cada um dos restantes trimestres do ano. Em termos totais, o aumento foi de 576,9 milhões de euros.

Recuperação Europeia move fundos

Já na categoria “União Europeia”, o aumento percentual de um ano para o outro foi de 34,7%, tendo fechado 2013 com mais de 2,12 mil milhões de euros. No primeiro trimestre o aumento foi de 14%, sendo no segundo e terceiro trimestre de 3% e 4%, respetivamente. Já no último trimestre, e fruto do início da recuperação económica na Europa, houve um aumento de 11%, com o ano a fechar com mais de 546 milhões de euros nesta categoria.

Já os “outros países” viram o seu valor descer em 307 milhões de euros para os 629 milhões de euros, o que representa uma queda de 33%.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos