Tags: Obrigações | Ações |

Fundos de ações nacionais dominam rendibilidades a um ano


Segundo os últimos dados da APFIPP, os fundos de ações Portugal dominam no TOP 10 dos fundos mais rentáveis nas últimas 52 semanas.

O fundo mais rentável a um ano, na semana que terminou no dia 30 de agosto, pertence ao Santander, através do fundo Ações Portugal, com uma rendibilidade efetiva anual de 33%. Em segundo lugar aparece o fundo Rendimento Oriente da Caixagest, com ganhos na ordem dos 31,9%. Fecha o pódio o fundo do Montepio denominado Euro Financial Services, com uma valorização de 29,6%.

Nas restantes sete posições dos dez mais, aparecem ainda quatro fundos de ações nacionais pertencentes às gestoras BPI, Banif, ESAF e Millenium, cujas rendibilidades são de aproximadamente 27%.

Os fundos Millennium Euro Financeiros, Caixagest rendimento nacional e Montepio Capital fecham o lote dos dez fundo mais rentáveis nos últimos doze meses, segundo os cálculos da APFIPP.

O fundo Invest AR Médias Empresas Portugal, da Invest Gestão de Activos, apresenta, também, uma rendibilidade líder entre os fundos portugueses que investem em títulos nacionais (segundo a Morningstar, o retorno a um ano a 4 de Setembro é de cerca de 35%), embora não conste nos dados da APFIPP.

Fundos acima do PSI-20

De acordo com os dados da CMVM, a variação homóloga entre os últimos dois meses de agosto (2013 e 2012), foi de 16,2%, pelo que a valorização dos fundos de ações nacionais são bastante acima da valorização do principal índice de referência nacional.

 

Empresas

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos