Tags: Emergentes | Ações | Latam |

Fundos de ações Ibovespa Ativo valorizam 2,33% em julho


Segundo os dados publicados pela ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), o grande destaque vai para os fundos classificados como Ações Ibovespa Ativo, que subiram 2,33% em julho, acima da valorização do índice  Ibovespa que se situou em 1,64%. Para fechar o Top 3, encontram-se os fundos de ações de categoria Sustentabilidade/Governança e os fundos de Ações Livre, com 2,3% e 1,77%, respetivamente.

Os fundos de categoria Dividendos fecharam o mês a valorizar 1,31%, enquanto que os fundos IBrX Ativo subiram 1,28.

De todas as categorias, apenas o tipo Small Caps registou perdas durante o mês de julho na ordem dos 0,41%.

Perdas desde do início do ano

Apesar do desempenho muito positivo no mês de julho, os dados não são os mais positivos desde do início do ano. Todos os tipos de fundos de ações classificados pela ANBIMA estão a desvalorização desde 1 de janeiro. A categoria de Small Caps é a líder das perdas, a desvalorizar quase 12%. Já a categoria de fundos de ações livres é a que menos perde, com uma desvalorização na ordem dos 4,25%.

Subscrições positivas desde do início do ano

Durante o mês de julho a captação líquida de fundos de investimento foi negativa na ordem dos 2,1 mil milhões de reais. No entanto, desde do início do ano o resultado é positivo (no saldo entre subscrições e resgates) na ordem dos mil milhões de reais.

Já o património líquido dos fundos de investimento no Brasil atingiu os 2,422 triliões de reais, segundo os dados publicados pela ANBIMA.

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos