Fundos de ações continuam a bater records na entrada de dinheiro


No terceiro trimestre de 2013 os ativos dos fundos de investimento em termos globais aumentaram 1,9%. Segundo os últimos dados divulgados pela EFAMA (European Fund and Asset Management Association) o valor desses ativos fixou-se nos 23.27 mil milhões de euros no final de setembro de 2013.

Outro aumento aconteceu também nas entradas líquidas de dinheiro. Se no final do segundo trimestre do ano que passou o montante destes fluxos era de 109 mil milhões de dólares, no final de setembro ascendia a 182 mil milhões. Segundo a Associação este incremento resultou de uma “reviravolta” nos fluxos líquidos que entraram nos fundos de mercado monetário.

Abaixo dos resultados alcançados no segundo trimestre de 2013 ficaram os fundos de longo prazo, que ainda a registar entradas líquidas no valor de 100 mil milhões de euros, ficaram aquém dos 193 mil milhões registados no segundo trimestre.

Mais dinheiro nos fundos de ações

Os fundos de ações em termos globais atingiram um record de entradas líquidas de 61 mil milhões de euros, que “bateram” os 28 mil milhões do trimestre anterior. Situação contrária, e inédita desde 2008, aconteceu com os fundos de obrigações em termos globais. Segundo a EFAMA, nestes produtos registaram-se saídas de dinheiro na ordem dos 37 mil milhões de euros, contrastando com a entrada líquida de 31 mil milhões ocorrida no segundo trimestre do ano passado.

Também nos fundos mistos houve uma redução na entrada de dinheiro, já que no terceiro trimestre os fluxos foram na ordem dos 47 mil milhões euros, enquanto no segundo foi de 57 mil milhões. 

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos