Fundos cinco estrelas voltam a aumentar


Depois de termos assistido a uma redução no mês de outubro, face ao mês anterior, no que toca aos fundos do mercado nacional que recebem a classificação quantitativa máxima por parte da Morningstar, o mês de novembro trouxe novamente um aumento do número de produtos que arrecadam esta "menção".  

No final do mês passado, a empresa de análise classificava com rating máximo treze produtos, mais três do que no mês anterior. Não houve qualquer saída em relação a outubro, pelo que a entrada de três produtos na lista é "líquida". Os três fundos que entraram na lista já a tinham integrado pelo menos um mês em 2015, pelo que não existem ‘grandes novidades’ neste aspecto.

O BPI Metais Preciosos da BPI Gestão de Activos, o Caixagest Oportunidades da Caixagest e ainda o Montepio Taxa Fixa da Montepio Gestão de Activos são os novos produtos classificados como cinco estrelas, na lista referente ao mês de novembro.

O primeiro, sob responsabilidade da BPI Gestão de Activos, volta a este patamar depois de ter entrado em setembro e de ter saído no mês passado. A Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – classifica este produto como um fundo alternativo fechado e no final de novembro geria mais de três milhões de euros. Em termos de investimento, o seu principal objetivo é o de “proporcionar aos seus participantes o acesso a um cabaz diversificado de metais preciosos (Ouro, Prata, Platina e Paládio), através da exposição a fundos de terceiros, ETF, derivados cotados, obrigações estruturadas cujo rendimento se encontre indexado aos metais preciosos ou a valores previamente definidos no prospecto e ações

Relativamente ao produto da Caixagest, volta a integrar esta lista mais de meio ano depois, já que a sua última presença nesta "seleção de fundos" da Morningstar ocorreu em março passado. No final do mês passado o seu património ascendia a mais de 33 milhões de euros e regista em 2015 uma rendibilidade de 2,30%.

Em relação ao produto da Montepio Gestão de Activos, este estreou-se nestas lides, em 2015, no mês de julho e desde aí até novembro apenas falhou o mês passado. A sua valorização em 2015 é de 3,70% e geria, no final de novembro, mais de 7,5 milhões de euros.

Os habituais...de forma permanente

A restante lista é completa por uma dezena de fundos que são os mais habituados a esta classificação. A GNB Gestão de Ativos é a entidade que coloca mais fundos nesta lista. Nada mais, nada menos do que cinco produtos arrecadam a classificaçãoquantitativa máxima da empresa de análise: o NB Obrigações Europa, o NB PPR, o NB Renda Mensal, o NB Rendimento, e ainda o NB Rendimento Plus.

Da Banif Gestão de Activos vem o Banif Euro Tesouraria enquanto que da BPI Gestão de Activos vem o único fundo de ações com rating máximo: o BPI Portugal.  Já da CA Gest  surge o CA Rendimento, enquanto da Dunas Capital vem Dunas Banco BIC Tesouraria. O Invest AR PPR da Invest Gestão de Activos fecha esta lista dos produtos cinco estrelas.

Os fundos cinco estrelas em novembro

Fonte: Morningstar no final de novembro
Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos