Tags: Negócio |

Fundos cinco estrelas crescem em Portugal


De março para abril houve um grande salto no número de fundos com classificação quantitativa máxima por parte da Morningstar. No final de março eram onze os fundos cinco estrelas do mercado nacional, enquanto que no final do mês passado esse número subiu para dezassete.

A GNB Gestão de Ativos continua a ser a entidade que mais fundos cinco estrelas tem no mercado nacional. No final de abril eram sete os fundos com classificação quantitativa máxima por parte da Morningstar geridos por esta entidade. Face ao último mês, mantêm-se os fundos NB PPR, NB Rendimento e ainda o NB Rendimento Plus.  Já os fundos que entram ou reentram nesta lista são os seguintes: NB Capitalização, NB Obrigações Europa, NB Renda Mensal e ainda o NB Tesouraria Ativa.

Uma dupla com dois fundos

Existem, também, duas entidades que colocam dois fundos cinco estrelas nesta lista: a Caixagest e ainda a BPI Gestão de Activos. No primeiro caso são os fundos Caixagest Obrigações e Caixagest Oportunidades que entram no rol dos produtos com classificação máxima. Já no caso da BPI Gestão de Activos encontramos um fundo fechado (o BPI Metais Preciosos) e ainda um fundo de ações (o BPI Portugal).

Rendibilidades em destaque

Dos dezassete produtos, apenas quatro conseguem ter uma rendibilidade superior a 1% nos primeiros quatro meses de 2016. A liderança é ocupada pelo BPI Metais Preciosas, da BPI Gestão de Activos, que nos primeiros quatro meses do ano, regista uma valorização superior a 42%.

O Invest AR PPR da Invest Gestão de Activos, o Caixagest Oportunidades da Caixagest e ainda o CA Rendimento da CA Gest são os restantes produtos com ganhos superiores a 1% em 2016.

Os fundos cinco estrelas em Portugal

Captura_de_ecra__2016-05-9__a_s_16

Fonte: Final de abril de 2016.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos