Tags: Gestores | Europa | Movimentos |

Francisco García Paramés abandona Bestinver para fundar um novo projecto


A maior figura da gestão espanhola coloca um ponto final na relação de 25 anos com o grupo Acciona, segundo informa a Bloomberg. Francisco García Paramés, o investidor espanhol considerado um dos mais influentes do mundo, anunciou hoje que abandona a gestora Bestinver, do Grupo Acciona, depois de mais de duas décadas para empreender um novo projecto profissional, que ainda não concretizou. 

Num comunicado enviado hoje à agência de notícias Efe, Paramés explica que durante esta etapa na Bestinver, conseguiu "rentabilidades das mais altas do mercado". Na entidade, ocupava atualmente o cargo de diretor geral de investimentos, e posicionou os fundos da Bestinver nos primeiros lugares dos rankings das suas categorias. Segundo justifica o gestor, entre as suas conquistas ao longo destes 25 anos, destaca o facto de ter evitado que a gestora se visse envolvida tanto na bolha tecnológica que rebentou no ano 2000, como na crise imobiliária e financeira de Espanha nos últimos anos.

García Paramés, agradece à Bestinver todo o apoio que recebeu e que lhe permitiu desenvolver uma "apaixonante carreira profissional" a partir desta empresa, assim como a todos os investidores que depositaram durante tantos anos a sua confiança no trabalho realizado na Bestinver. 

As relações com a Acciona arrefeceram durante o último ano, coincidindo com o processo de venda iniciado pelo grupo. No início deste ano, a equipa de gestores, formada por García Paramés, em conjunto com Alvaro Guzmán e Fernando Bernad, tinham chegado a um princípio de acordo para comprar à Acciona a Bestinver. Os valores que estavam sobre a mesa chegaram a superar os 700 milhões de euros, cerca de 7% do valor dos ativos. No entanto, no final a Acciona decidiu parar a operação de venda. 

García Paramés trabalha no escritório de Londres da Bestinver desde o verão de 2013. Com uma filosofia estilo valor, apresenta um dos melhores track record do mercado internacional.

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos