Tags: Obrigações | Ações | EUA |

Foco nos resultados da banca nacional, esta semana


Na semana passada muitas foram as empresas que divulgaram os seus resultados referentes aos primeiros seis meses de 2014. Na última semana de julho e primeira de agosto, a divulgação de contas permanece. Esta segunda-feira, dia 28 de julho, em Portugal o Millennium bcp apresenta resultados, enquanto em Espanha é a vez do Bankia. Nos EUA destaque para a divulgação do PMI de serviços referente ao mês de julho, enquanto no Japão se sabem informações sobre a taxa de desemprego em junho.

Terça-feira, dia 29, é a vez da cotada Jerónimo Martins revelar as suas contas relativas ao 1.º semestre do ano. No resto da Europa destaque também para os resultados divulgados pela Renault, ou pelo Deutsche Bank AG. Nos  EUA, sabe-se como foi a confiança do consumidor, em julho. No Reino Unido o dia fica marcado por informações sobre o consumo de crédito no mês de junho.

Dia 30, quarta-feira, na mira dos investidores vão estar os EUA, já que se conhecem novidades acerca do programa de compra de ativos levado a cabo pela Fed. No país é ainda dia de se saberem números do PIB quanto ao segundo trimestre do ano. Na Europa são reveladas informações sobre a confiança do consumidor no sétimo mês do ano. Em Portugal as atenções viram-se para a publicação dos resultados do Banco Espírito Santo.

Quinta-feira, último dia do mês de julho,  EDP, REN, NOS e Altri são as cotadas nacionais a apresentar resultados. No país vizinho, o banco Santander também informa sobre as suas contas semestrais. Na Zona Euro o dia fica marcado por dados sobre a taxa de desemprego no mês de junho, ou o índice de preços no consumidor em julho. Também na Alemanha é dia de números do desemprego relativos ao mês que termina.

A fechar a semana, sexta-feira, 1 de agosto, vários países, como a França ou o Reino Unido emitem dados do índice PMI de manufactura. Em Portugal, mais resultados vindos da banca, desta vez protagonizados pelo Banif.

Nos leilões de dívida, Itália, Alemanha e França vão aos mercados financiar-se logo na segunda-feira. Terça e quarta-feira é a vez da Itália ter leilão marcado. 

Próximos eventos