Tags: Obrigações | Ações |

Fitch mantém classificação portuguesa em BB+, mas baixa outlook da dívida


A conhecida agência de notação financeira Fitch revelou esta sexta-feira uma redução da perspectiva atribuída ao rating português, de  “positiva” para “estável”. Por outro lado, as considerações da agência de notação dão conta de uma manutenção da classificação da dívida portuguesa em BB+.

Na opinião da agência financeira, o crescimento económico continua num caminho moderado. “Apesar de na segunda metade de 2015 termos visto uma performance desapontante do investimento, o crescimento do PIB para todo o ano de 2015 alcançou 1.5%, suportado pelo crescimento do consumo privado. Este último deve continuar a guiar o crescimento em 2016, ajudado por uma maior redução do desemprego, baixo custo energético e por transferências fiscais dos segmentos mais elevados para os segmentos mais baixos”.  

A agência de notação financeira espera um crescimento de 1,6% este ano, com os riscos a estarem associados aos desenvolvimentos políticos domésticos. Na opinião da entidade os “factores estruturais continuam a pesar no potencial de crescimento, mais concretamente no endividamento público e privado, na nas tendências demográficas adversas e nas baixas taxas de investimento”.

Para a agência, “Portugal tem vindo a colocar uma série de reformas em prática nos últimos anos, incluindo ao nível das pensões, o que significa que o custo fiscal de longo prazo de uma população envelhecida é um dos mais estáveis na Europa”.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos