Tags: Obrigações | Ações |

F.I.M somam mais subscrições em Agosto


Os fundos de investimento mobiliário, segundo dados da APFIPP, recuperaram a “boa forma” face a Julho e voltaram a ter um fluxo de entradas positivo no final do mês de Agosto, somando um total de 341,5 milhões de euros de subscrições líquidas no mês em questão.

A categoria com melhor desempenho continua a ser a dos F.E.I de Curto prazo, que no mês de Agosto conseguiu uma soma de 217,3 milhões de euros de entradas líquidas. Desde o início do ano este tipo de fundos sao também os que conseguem obter um saldo líquido mais composto, com uma soma de 1,15 mil milhões de euros.  Desde há um ano atrás os F.E.I de Curto Prazo são também os que lideram nas captações, com 1,604 mil milhões de euros de subscrições líquidas.

Uma recuperação assinalável foi a dos F.E.I de obrigações que passaram a figurar na segunda posição dos que mais captaram no mês em análise. Esta categoria acumulou 59,55 milhões de euros de entradas líquidas no mês referido, e desde há um ano atrás conta com um saldo líquido de 55,5 milhões de euros.

Desde o início do ano, a categoria que mais capta em segundo lugar é a dos fundos de mercado monetário euro, que apresentam um valor de 443,32 milhões de euros de subscrições líquidas nesse espaço de tempo.

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

Próximos eventos