Tags: Estilo |

Exposição com obras de Noronha da Costa


São mais de trinta as obras que não se definem num espaço cronológico único, já que as obras expostas abrangem um extensão temporal que vai desde os anos 70 até atualidade, com uma intrínseca continuidade, que nos permite olhá-la com uma incessante busca de elementos comuns, nos domínios do espaço, da luz e da cor.

Luís Noronha da Costa nasceu em Lisboa em 1942. Pintor,  cineasta e arquiteto, é diplomado pela Escola Superior de Belas Artes de Lisboa, tendo em 1969 representado Portugal na X Bienal de São Paulo e em 1970 na Bienal de Veneza.  

A exposição “Na imensa solidão do meu Passado” pode ser visitada de 2ª a 6ª feira das 11h às 20h, e ao sábado e domingo das 11h às 19h, na Galeria de São Mamede, até dia 25 de fevereiro.

Para mais informações consulte aqui.

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos