Tags: Obrigações | Ações |

European Issuers reiteram discordância em relação ao Imposto sobre transações financeiras


Numa carta acabada de enviar ao Conselho da União Europeia (endereçada ao Presidente da ECOFIN), a European Issuers reitera as principais preocupações das empresas cotadas europeias relativamente à proposta de Directiva do Conselho com vista à introdução de um Imposto sobre as Transações Financeiras – ITF.

A carta agora enviada (e que pode ser consultada aqui) resulta do trabalho desenvolvido pelo respetivo Expert Working group da European Issuers, liderado por Abel Sequeira Ferreira, Director Executivo da AEM – Associação de Empresas Emitentes de Valores Cotados em Mercado.

Precisamente Abel Sequeira Ferreira refere que as empresas cotadas entenderam dever voltar a enfatizar que “os objectivos anunciados pela Comissão Europeia, ou seja, garantir que o sector bancário contribui para cobrir os custos da crise financeira, desencorajar determinadas actividades financeiras que não trazem valor para a economia, aumentar as receitas dos Estados, e contribuir para tornar os mercados mais seguros, não serão alcançados com a eventual aprovação da proposta actual”.

O Director Executivo da AEM acrescenta também que “a introdução de um imposto sobre as transacções financeiras em apenas alguns Estados-membros da União Europeia colocará os mercados destes Estados numa situação de desvantagem competitiva, com impacto em transacções financeiras que não estiveram na origem da crise financeira e que, mais importante do que isso, são aquelas que contribuem verdadeiramente para o financiamento das empresas e para o desenvolvimento da economia real.”

A AEM é, desde a sua constituição, membro da European Issuers, integrando Abel Sequeira Ferreira o respectivo Conselho de Direcção

Profissionais

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos