Tags: Obrigações | Ações | Legal |

Espírito Santo Portugal Ações vence prémio de melhor fundo no Euronext Lisbon Awards


Na terceira edição da iniciativa Euronext Lisbon Awards, realizada ontem, no Museu Fundação Oriente, a ESAF levou para casa o prémio na categoria de melhor fundo/fundo de pensões aberto de ações portuguesas, com o Espírito Santo Portugal Ações. O gestor do fundo, José Valente, foi a palco receber o Award das mãos do Presidente da APFIPP, José Veiga Sarmento. Nesta categoria que é desenvolvida em parceria precisamente com a APFIPP, estavam também nomeados os fundos Santander Ações Portugal, gerido pelo Santander Asset Management, e o PPR 5 estrelas, gerido pela Futuro.

De referir também o destaque para a Fundbox, que recebeu o prémio de inovação financeira com o produto Nexponor SICAFI, lançado em 2013. Este é o primeiro SICAFI lançado em Portugal e cotado na bolsa portuguesa.

Na melhor casa de research o prémio foi atribuído ao BPI, que disputou o lugar com o Banco Comercial Português e com o Goldman Sachs International.

No que diz respeito às sociedades de advogados, à semelhança do ano passado, a menção honrosa foi para a Vieira de Almeida & Associados que estava nomeada juntamente com as sociedades António Frutuoso de Melo e Associados e  Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados.

Na categoria de “Best capital promotion event”, cujo prémio foi atribuído ao projecto PEPROBE, é de salientar a nomeação da AEM (Associação de Empresas Emitentes de Valores Cotados em Mercado), já que  esta foi a primeira vez em Portugal que uma associação esteve nomeada para um prémio deste cariz.

Nesta gala o presidente da Euronext, Luís Laginha, traçou a história da bolsa em Portugal, e lembrou que estas três edições dos prémios marcam situações distintas da história da economia portuguesa. “No mundo de hoje não há barreiras artificias que possam amarrar o investimento e o talento a uma geografia específica”.

A encerrar o evento esteve o Secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro, que referiu que “no passado ignoramos todos os sinais que o mercado nos ia dando.  Hoje o mercado obrigou-nos a rever as nossas prioridades e a olhar para as coisas com um pouco mais de critério. Hoje temos um mercado a fazer a sua função”.

Restantes Prémios 

Nas restantes categorias os vencedores foram: o Banco Comercial Português, categoria de Listed company - Best Performance - Compartment A,  a Impresa SGPS, S.A na categoria de Listed company - Best Performance - Compartments B and C, a Morgan Stanley & Co International PLC, na categoria de Market member - Most Active Trading House in Shares, o BPI, na categoria de Market member - Most Active Trading House in Shares - Compartments B and C e também na categoria de Market member - Most Active Trading House in Bonds.

Já o Commerzbank AG,  ganhou na categoria de Market member - Most Active Trading House in ETF, enquanto o BCP saiu com o prémio de melhor Market member - Most Active Trading House in Certificates. Na categoria de Market member - Most Active Trading House in Derivatives Market o prémio foi para o Banco Bilbao Y Vizcaya Argentaria (Portugal).

Na categoria de Nº1 Seasoned Equity Offer House, o prémio foi para a Caixa - Banco de Investimento, enquanto na categoria de Nº1 Corporate Bond House, o award foi entregue ao Banco Santander Totta.

No que diz respeito aos artigos científicos, na categoria de Best Scientific Research on Portuguese Capital Markets – PhD Thesis and Published Articles, o prémio foi atribuído a Carla Fernandes, Paulo Gonçalves, Elisabete Vieira com o trabalho  “Does Sentiment Matter for Stock Market Returns?”. Na categoria de Best Scientific Research on Portuguese Capital Markets – Master’s Thesis o vencedor foi  “O Herding Behaviour e o Sentimento: Evidência no Mercado Português” de Márcia Sofia Pereira.

Na categoria de Best Capital Market Promotion Event – Dedicated to retail investors, o Award foi para o Jogo da Bolsa – organizado pela GoBulling e Jornal de Negócios, enquanto na categoria de Best Media Article on Capital Markets o premiado foi Paulo Moutinho, do Jornal de Negócios, com “Fundos Espanhóis à Caça de Joias Escondidas em Lisboa”

 

 

Profissionais
Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos