Tags: Obrigações | Ações |

ESAF com mais de metade das subscrições líquidas no primeiro trimestre


O mercado nacional de fundos de investimento está em grande movimentação. De acordo com os dados publicados pela APFIPP, nos primeiros três meses deste ano as subscrições já atingiram mais de 3.276 milhões de euros e os resgates 2.510 milhões, o que se traduz num saldo líquido positivo de 766 milhões de euros. Este valor é superior, em cerca de 200 milhões de euros, em relação ao primeiro trimestre do ano passado.

A contribuir fortemente para este resultado esteve a ESAF, que apresenta um saldo positivo entre subscrições e resgaste de 423 milhões de euros, ou seja, cerca de 55% do total registado no mercado nacional. Entre as 16 gestoras presentes no relatório, a ESAF foi a única que teve mais de mil milhões de euros em subscrições, mais concretamente 1.283 milhões de euros.

Em termos de subscrições líquidas, a gestora que se segue é a Caixagest com um saldo positivo de 123 milhões de euros, nos primeiros três meses deste ano. Ainda acima de 100 milhões de euros em captações líquidas aparece o Santander Asset Management com 103 milhões de euros.

Referência positiva ainda para a CA Gest e para a Dunas Capital – Gestão de Activos que receberam, no período, aproximadamente 80 e 53 milhões de euros, respectivamente.

O reverso da medalha

Das 16 gestoras, apenas quatro apresentaram um saldo negativo entre entradas e saídas, num total de cerca de 116 milhões de euros.

 

 

Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos