ES Obrigações Europa com a maior rotação média da carteira


Os dados da CMVM mostram que a rotação média da carteira de 231 fundos de investimento se fixou nos 2,39. Para o regulador, a “rotação Média da Carteira respeita ao valor verificado no último ano civil completo do fundo de investimento e dividido pela média do valor líquido global do fundo nesse ano. A aquisição e a alienação de activos geram custos de transacção que são suportados pelos fundos de investimento”.

Dos produtos analisados e com dados, aquele que apresenta a rotação média maior é o ES Obrigações Europa com o valor a situar-se nos 36,02. O fundo da ESAF, segundo a Morningstar é gerido por Vasco Teles, apresenta uma rendibilidade nos últimos doze meses de 9,14% que se transformam em 7% anualmente, na última década.

Com a segunda maior rotação da carteira aparece o ES PPR com uma rotação média de 27,35. Segundo a Morningstar, o fundo é gerido por David Dias e apresenta uma rendibilidade anualizada,  nos últimos dez anos, de 5,3%.

A fechar o top 3 vem o fundo AR PPR da Invest Gestão de Activos. Segundo o regulador o fundo apresenta uma rotação média de 11,96 e uma rendibilidade anualizada de 7% nos últimos dez anos.

De referir ainda que os três fundos são cinco estrelas para a Morningstar.

Fundos “Rendimento” da Caixagest com a menor Taxa Global de Custos

Em relação à Taxa Global de Custos que para a CMVM diz respeito ao “valor verificado no último ano civil completo do fundo de investimento. Esta taxa representa o total de comissões de gestão e depósito e de custos de auditoria e supervisão que o fundo de investimento suportou num ano civil completo dividido pela média do valor líquido global do fundo nesse ano.”

No top 3 dos menos custos, aparecem dois fundos da Caixagest. O líder é o Caixagest Rendimento Nacional com uma Taxa Global  de Custos de 0,0222%. Também o fundo em terceiro lugar é da Caixagest, no caso o Rendimento Oriente com custos de 0,05%. Pelo meio vem o BPI Seleção, da BPI Gestão de Activos com uma Taxa Global de Custos na ordem dos 0,0456%.

Profissionais
Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos