Tags: Negócio |

Equipa de Asset Management do Haitong Bank comemora 15 anos


Experiência, estabilidade e retorno. Estes são os três adjetivos que a equipa de gestão de ativos do Haitong Bank usa para qualificar um percurso que cumpre agora 15 anos.

Com início de atividade em maio de 2002, a gestão de ativos da entidade iniciou-se precisamente numa altura de crise, mas desde cedo foram criando uma cultura de princípios que tem sido a chave do sucesso.  À Funds People falam por exemplo do facto de serem “totalmente unconstrained no que toca a benchmarks”, e completamente “empenhados na entrega de um bom sharpe ratio”.

Desde há quinze anos atrás o expertise da entidade foi-se centrando no campo das ações, com “um foco nos mercados europeus”. O track record, esse, é visível nas carteiras perfiladas que oferecem. O perfil flexível – entre 0 e 100% ações – acumulou no período 120%, ou seja, uma rendibilidade de 5,4% ao ano, enquanto que o perfil agressivo, com 100% de investimento em ações, arrecadou 374% de retorno no período, o que equivale a uma rendibilidade anualizada de 11,4%. O terceiro perfil – denominado de defensivo – foi também introduzido à oferta recentemente.

Projetos futuros

Dado o sucesso dos dois perfis atrás referidos, no próximo mês de setembro (a propósito do aniversário da aquisição pelo Haitong Securities) a entidade avançará para o lançamento de “dois fundos UCITS em parceria com o Credit Suisse”, produtos que serão “réplicas exatas das duas estratégias de equity”.

No pipeline para o final do ano têm ainda o lançamento de “mais um ou dois fundos em colaboração com a casa mãe em Xangai, procurando trazer para a Europa algum do exclusivo know how que o Grupo Haitong tem acumulado na Ásia, em particular na China”.

Da entidade acreditam que “com o track record acumulado, e com o impulso do novo acionista”, têm “condições para desenvolver a distribuição dos produtos numa lógica internacional e global, e dessa forma assumir objetivos de crescimento muito ambiciosos, sem esquecer naturalmente o nosso mercado local”.

Equipa consistente

A estabilidade da equipa é, para a mesma, também um factor de sucesso destes 15 anos. À exceção dos membros que se foram incorporando à medida que a atividade foi crescendo, os elementos da gestão de ativos basilares mantiveram-se até hoje. 

Da atual equipa fazem parte Fernando Castro e Solla, com mais de 22 anos de experiência e desde o início da atividade à frente do asset management; Gonçalo Pestana, portfolio manager desde o início na equipa, com um forte expertise em ações, alocação de ativos e gestão do risco; João Franco, também portfolio manager, focado essencialmente na periferia da Europa e na execução de stock picking; António Serra, portfolio manager que chegou à equipa em 2016 e se foca  atualmente na área de mercados de créditos e taxas de juro; por fim, Filipe Catalão, sales, juntou-se à equipa em 2005 e tem responsabilidades na área comercial.

Legenda da foto (esquerda para a direita): Fernando Castro e Solla, João Franco, Filipe Catalão, António Serra e Gonçalo Pestana.
Profissionais
Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos