Tags: Pensões |

Em abril os fundos de pensões voltaram a crescer


A Mercer já apresentou a estimativa para a rendibilidade dos fundos de pensões nacionais no mês passado. Segundo a consultora, os produtos analisados apresentaram uma rendibilidade mediana estimada de 0,8%, com as ações europeias a serem o grande motor para este valor.

De acordo com os cálculos apresentados, as ações europeias presentes nos fundos de pensões nacionais cresceram 1,9%, enquanto as outras ações valorizaram “apenas” 0,4%, totalizando a categoria 1,4% de ganhos. Para a consultora este valor foi possível devido à “apresentação dos resultados das empresas nos EUA e a continuação de sinais de recuperação económica. O impacto destes factores superou o impacto negativo causado pela tensão no leste da Europa e pela expectativa do anúncio de alteração da política monetária expansionista nos EUA e na União Europeia”.

No que toca às obrigações, aquelas que mais cresceram foram as de Taxa Fixa Euro com 0,8%. “A performance do mercado obrigacionista foi positiva devido à descida das taxas de juro, em particular nos países periféricos. A expectativa de manutenção da política monetária expansionista, pelo BCE e pela FED, por mais tempo do que o esperado, também contribuiu para a performance positiva deste mercado”, segundo o relatório publicado.

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos