Tags: Obrigações | Ações |

Em 2013 quase 70% dos ativos institucionais eram intermediados por consultores


Um novo relatório elaborado pela empresa de análise global Cerulli Associates dá conta do “fulgor” vivido pelos consultores de investimento. Segundo a análise elaborada no documento intitulado de “Investment Consultants 2014: Partnering with Consultants to Provide Client Solutions”, cerca de 68% dos ativos institucionais no ano passado eram intermediados por consultores.

“Os gestores de ativos têm confirmado que os consultores de investimento continuam altamente influentes nos mercados institucionais”, diz Michele Giuditta, diretora na Cerulli. Acrescenta que o negócio de consultores intermediários representa “uma parte crescente dos fluxos de ativos das empresas de investimento”.

No estudo que elabora, a empresa destaca ainda que “o negócio ao nível de novos clientes foi o que conduziu à liderança nos fluxos dos intermediários financeiros, segundo 50% dos gestores de ativos entrevistados”, explica Michele Giuditta.

Perante estes resultados, a Cerulli destaca que não é surpreendente que “os gestores de ativos estejam a planear manter ou até aumentar o grau de relação com os consultores no futuro”.

A Cerulli avisa que os consultores são uma audiência sofisticada. “Ainda que estas relações levem tempo a construir, assim que um consultor avalia um gestor, os esforços despendidos normalmente são remunerados. Logo que possível o gestor será recomendado a um número de clientes dos consultores”.

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos